Diálogo com um Executor traz um diálogo aberto entre o autor espiritual, Mário Ventura, e o médium Rubens Saraceni, que mostra um quadro geral de como se desenrolou a queda do espírito Mário, seu suplício e seu resgate no mundo dos espíritos. Hoje ele é um espírito que vive na Luz e mostra ao leitor as trilhas negras que o ser humano abre para si quando toma em suas mãos os rigores que cabem somente à justiça Divina. Um dos esclarecimentos apresentados refere-se às marcas do desencarne. Ele explica que quando dizemos que alguém descansou (quando deixa o corpo material), essa afirmação nem sempre é verdadeira, uma vez que a dor e o sofrimento físicos estendem-se ao corpo espiritual, pelo menos até que o desencarnado receba o tratamento devido. Em outra parte, Mário deixa claro que esse atendimento é fundamental, porque a persistência no suplício gera uma animosidade emocional com consequências fatais para o mental do indivíduo. Em muitos casos, a não-observação dessa regra básica leva muitos espíritos de volta aos caminhos sombrios do ódio, da dor e da vingança. Mário não tinha afinidades aparentes com as Trevas mas, ao desencarnar, deu vazão ao seu desejo de vingança e a Lei o colocou em sintonia e a serviço de entidades negativas. Ao tomar para si o direito de interferir no carma de sua filha Priscila, provocou a transformação de todos aqueles que se envolveram com ele não só na última, mas também em outras encarnações. Diálogo com um Executor abrirá sua mente para muitas reflexões.

 

 

Posts recentes

Leia mais...

Mais Lidos

Destaques ACVE

Quem somos

O Ação Cristã Vovô Elvírio é uma Associação civil com tempo de duração indeterminado, com personalidade jurídica, orientadora, espiritualista, de Utilidade Pública, sem fins lucrativos, CNPJ 09.598.578/0001-66.

Para doar qualquer quantia:

Banco do Brasil

Agencia: 1419-2

Conta corrente: 430.021-1

CNPJ: 09.598.578/0001-66

Objetivos da Associação (Estatutários):

a) Promover assistências sociais, médicas e odontológicas, culturais, educacionais e de formação profissionalizante às famílias e pessoas carentes através de profissionais habilitados;
b) Promover e apoiar atividades e eventos relacionados com o estudo e aprimoramento espiritualista e/ou afins, utilizando tecnologias e meios diversos de divulgação, esclarecendo os ideais e princípios espirituais cristãos trabalhando pelo aprimoramento da igualdade e dos bons costumes, para a evolução do ser do humano;
c) Apoiar a divulgação de obras concordantes com seus princípios;
d) Estimular e promover a caridade espiritual, moral e material;
e) Conhecer a importância das consequências dos atos das pessoas na natureza para a preservação do Planeta, por meio de estudo, campanhas e outras formas, para a devida conscientização coletiva;
f) Respeitar as leis naturais, ambientais e civis que regem a sociedade.

a) Igualdade entre os seres;
b) Assistência social como forma de promover a evolução humana;
c) Estudo científico, técnico, cultural e moral como forma de desenvolvimento das potencialidades humanas;
d) Preservação do Planeta como forma de manutenção da vida.

Onde estamos


Indicação de Leitura