ALFAZEMA, LAVANDA OU NARDO?

Escrito por Médium Ângela Barbosa
Avalie este item
(0 votos)

             Essa planta mundialmente conhecida tem sido documentada há mais de 2500 anos como erva. De fragrância agradável, era usada desde a mumificação e perfumes egípcios à erva medicinal.

              A alfazema é analgésica, excelente para dores de cabeça, mas para quem já é viciado em analgésicos, como o paracetamol, um simples chá dessa erva não vai resolver, pois seu uso precisa ser contínuo - tomar o chá e ficar relaxado. Como protetor gástrico, tem eficiência: ela “acalma” o estômago, ajudando a eliminar o desconforto gástrico e eliminar os gases intestinais. 

             É cicatrizante, excelente para quem tem uma ferida que não sara nunca. Fazer um chá sem açúcar e “banhar” o local, ajuda na formação das células, fechando a ferida. É antisséptica, reduz e, até mesmo, elimina bactérias. Foi muito usada nas máscaras na época da peste negra, quem usava a máscara embebida em solução de alfazema não se contaminava; ou seja, quem quiser substituir o álcool em gel como antisséptico das mãos pela alfazema é só usar como tintura1, ou misturar uma porção de chá para duas de álcool, e estará mais que protegido. Atua também como calmante, é considerada um antidepressivo leve, trazendo ao indivíduo sensação de paz e bem-estar.

            Antigamente era conhecida como Nardos, inclusive há citações na Bíblia como no evangelho de João 12:3, onde o escritor relata que Maria ungiu os pés de Jesus com nardo e, com os seus cabelos, o enxugou, deixando tudo perfumado. Embora os estudiosos dividam-se em suas opiniões.

            Os estudos foram avançando e hoje sabe-se que lavanda, alfazema ou nardo são plantas semelhantes, com usos parecidos. Pertencem ao mesmo gênero da planta com espécie e subespécie diferentes, hoje catalogadas com 39 espécies de plantas com flores e 115 variedades de alfazemas cultivadas em todo o mundo.  Seu nome vem do latim, lavare, que significa lavar.

           No Brasil é popularmente conhecida como erva-cheirosa, erva-santa, erva-de-Nossa-Senhora, Erva-de-Colônia ou Mimo-do-Brasil.

           Na Escola de Medicina da Universidade de Miami, foi comprovado, por meio de eletroencefalograma, que o óleo de lavanda aumenta as ondas beta, que provocam um estado mais relaxado; além de ser o melhor óleo para trabalhar o chakra laríngeo, pois melhora a comunicação, promovendo o equilíbrio e a harmonia.

           Você sabia que para produzir um litro de óleo de lavanda, são necessários 100 a 200 kg de flores? Isso ocorre, porque essa parte da planta é a mais aromática.

           Segundo o erveiro Adriano Camargo, a Alfazema encaixa-se no grupo das ervas mornas, tendo um papel essencial na manutenção da saúde do nosso corpo físico-espiritual.

           Seu uso é vasto: desde pomadas, emplastros, infusões, chás, tinturas e óleos à perfumes e desinfetantes.

           Na Umbanda é amplamente usada na defumação. É a erva de todos os Orixás, que purifica e devolve energia, ajuda no mental, harmoniza o ambiente.

           Qual o vovô ou vovó que nunca nos recebeu com uma erva de alfazema ou um perfume dela?

           Sentimos tranquilidade, segurança, paz, amor, além de ser acolhedora, aconchegante, branda, é perfumada como abraço de mãe!

           Não é à toa que é a erva preferida de nossa mãe Iemanjá e de mamãe Oxum!

           Dica: Para o chá dessa erva maravilhosa, usa-se uma colher de café com ervas picadas para uma xícara de chá.

           Obs: Nunca exagere em seu consumo, usar uma erva com responsabilidade é praticar o autoamor.

 

 1 Tintura: é uma forma de preparação em que se extrai os princípios ativos das plantas medicinais, utilizando-se álcool. De preferência, deve ser usado o álcool de cereais no preparo. Fonte: https://www.cpt.com.br/dicas-cursos-cpt/tinturas-com-plantas-medicinais. Acessada em 04/10/2018.

 Fontes: 

PRINCE, Shirley-Guia Prático de Aromaterapia: como usar óleos essenciais para ter saúde e vitalidade-Ed.Siciliano,SP,2ª Ed,1989.

CAMARGO, Adriano-Rituais com Ervas: Banhos, Defumações e Benzimentos-Livre Expressão,SP,3ª Ed,2014.

http:// magiadailha.blogspot.com

 

 

Ler 72 vezes Última modificação em %PM, %24 %949 %2019 %18:%Jun
Mais nesta categoria: « LARANJEIRA ALECRIM »